quarta-feira, julho 17, 2019

54º SALÃO DE ARTES PLÁSTICAS DO CLUBE MILITAR - VERNISSAGE

A abertura se deu ni final desta última semana nas dependências do suntuoso Clube Militar - Centro da Cidade do Rio de Janeiro -, E a vernissage combinou com a cerimônia de premiação e coquetel na galeria das obras expostas concorrentes. Contudo, a exposição ainda fica aberta à visitação até o dia 02 de agosto.
Entrei com duas de minhas obras em acrílica: 'Composição Viva' e (AsT 40X80) 'Belsezas e Cores' (AsPainel 45x82), onde por ser minha primeira participação nesta ilibada instituição já fiquei feliz em ter tido essas duas obras entre as selecionadas no salão, e mais ainda por ter visto alguns amigos artistas concorrentes premiados, dentre eles o querido colega de trabalho APBP Vitor Pessant, com sua bela obra 'Caramançhão'.

COLETIVA ARTE MODERNA - O SALÃO ARTÍSTICO CONTEMPORÂNEO SBBA

Início do mês, quarta-feira da semana passada, tivemos a vernissage de mais um salão de artes, moderna e contemporânea, da SBBA. Dessa vez, entrei com três obras em técnicas distintas, mesmo sendo em acrílica, uma estilo pop-art (25x25) Caveira; outa moderna em cartão (40x28); e abstração e tela (40x40) - vamos ver o resultado no final de julho com a premiação no encerramento do referido salão!

A estimada presidente da entidade, Therezinha Hillal, coordenou rapidamente a abertura e descerrou a fita de inauguração do coloridíssimo salão coletivo de arte moderna e contemporânea da Sociedade Brasileira de Belas Artes - SBBA.

sexta-feira, junho 28, 2019

JUN/2019 COM NOVA ROUPAGEM DE 'NÓ' - 25 ANOS CIA DEBORAH COLKER

Essa é de pura e consagrada arte dança contemporânea. Daí que sempre que possível marco presença nos grandiosos shows da Cia Deborah Colker, que este ano desde abril com a nova roupagem de Nó, que comemora 25 anos e começou aqui no Rio de Janeiro pelo Teatro Oi Casa Grande (dei mole e perdi) e agora em culminando junho no Teatro Municipal Carlos Gomes (quase perdi de novo, ufa, pois, tendo ido ao Centro pela manhã, voltando, ufa ufa, com trânsito pesadíssimo, graças a Deus, e um bom convite consegui ir ontem).
O teatro estava bem lotado, a considerar pelas duas apresentações extras no local, ontem e hoje - agora não tem 'xororô' galera carioca, acabou e vai essa semana rodando pelo nordeste (aproveitem aí galera das capitais ensolaradas) - quanto ao espetáculo: para mim é o ritmo compassado de forma sempre bela em desalinho - será -, certamente a coreógrafa Deborah faz da dança a beleza expressada como uma coloridíssima abstração, beleza e sentimento que nos prende e provoca.  Pra quem não foi, e pra quem vai, taí um pouco:
Como sempre faço, deixando aqui pra geral tipo dicas de algumas apresentações que valem o registro (essa mesmo eu ainda não tinha visto) de outras como: Belle; Tatyana; 4 x 4; Cão sem Plumas. entre outras, e aqui agora o Nó.

XXXVIII SALÃO DE ARTES DA MARINHA DO BRASIL NA SBBA - MEDALHA DE OURO

JeffMaia Certificado e medalha de ouro - Salão da Marinha
Gratidão! Dia 26 de junho de 2019, tivemos encerramento com premiação geral dos artistas participantes com suas obras no XXXVIII Salão de Artes Plásticas da Marinha do Brasil, formalmente no Solar do Lavradio, sob curadoria de Therezinha Hillal, nossa estimada presidente da Sociedade Brasileira de Belas Artes - SBBA, salão este que contou com um grade número de colegas artistas e suas belas obras! Resultando em um notório evento de artes, como mostrei na postagem da vernissage do mesmo.

Como praxe, Hillal inicia os trabalhos formando a mesa cerimonial de entrega das premiações, onde, mais uma vez, honrosamente sob convite de nossa líder e em composição com o colega Eduardo Melo, também dos Pintores com a Boca e os Pés - APBP (salão este que ainda contamos com as duas outras participantes pela APBP, as talentosas Goret e Zuzu), sem deixar de citar a apoiadora da mesa de cerimônia a querida, Tatiana Trindade, secretária SBBA.
Este ano, humildemente subindo mais um degrau de premiação (onde no anterior XVII fui premiado com Medalha de Prata), neste salão saí com Medalha de Ouro, nas obras: Casebre dos Pescadores e Palmeiras na Praia, ambas AsT com participação inédita em salões de arte, daí que saio dessa com abraços fraternos de parabéns geral.

terça-feira, junho 25, 2019

CCBB: 50 ANOS DE REALISMO - DO FOTORREALISMO À REALIDADE VIRTUAL

Muitas são as propostas culturais em opções variadas de artes em geral à sociedade brasileira em algumas das principais capitais, como consta no portal: Centro Cultural Banco do Beasil - CCBB. E nessa tocada, o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, ou CCBB-RJ, está com uma exposição - daquelas tipo: de pirar o cabeção -, 50 Anos de Realismo - Do fotorrealismo à Realidade Virtual.

Como gosto muito e sempre que possível dou um confere na mostra do momento dessa vez fui lá pra ver essa modalidade artística, que realmente me encanta pelos detalhes fidedignos e dedicação na composição de obras que, realmente nos deixa intrigados sobre: como é que o cara consegue chegar nesse nível de resultados...

Considero estes programas ao local como sempre a possibilidade um grande aprendizado - não somente por ser ligado à minha carreira artística -, mas por ser realmente bom e acessível, até mesmo por ser um delicioso passeio de ganho cultural fácil de chegar e gratuito. Ou seja, vale muuuito a pena!

Pra mim, sobre este valioso acervo, além do talento pessoal de cada um dos artistas expostos, tem a parada da 'dedicação'! Quer saber...? Vai lá e veja o que acha...! Com certeza vai se surpreender 'muita coisa'. Principalmente ao atentar aos históricos das obras, produzidas a um bom tempo de anos.

A exposição ‘’50 anos de Realismo – Do fotorrealismo à Realidade Virtual" faz um panorama da arte hiper-realista através de pinturas, esculturas, vídeos e instalações interativas! São 92 obras de 30 artistas do Brasil e do mundo estão aqui no #CCBBRJ, venha conferir! Vai até o dia 29 de julho.Vejamos um pouco dos meus registros do dia:
Pra mim, ficou o resultado de 'desbunde' e o gosto de quero mais, tanto que já estou pensando em repetir a dose, pelo tanto de trabalhos que quero rever ou ver o que perdi mediante tantas e boas, percepções visuais - como mostrada no vídeo culminante com o fim da postagem e a dica de: RECOMENDO.

CENTRO DE VIDA INDEPENDENTE DO RIO DE JANEIRO, SIMPLESMENTE CVI-Rio

Essa é o que penso de boa informação, e sobre algo reeditado de um excelente trabalho... Para os que não sabem, se bem que já contei isso aqui, o Centro de Vida Independente do Rio de Janeiro - CVI-Rio, fez parte de um início marcante de meu convívio com o processo inclusivo e dicas à cerca das deficiências, adaptações e diversidade humana, entre outras abordagens. Desde que passei junto à instituição alguns bons anos de prazeroso trabalho, atrelado com pessoas queridas de extrema competência, onde mesmo tendo saído fisicamente de lá, sempre que possível hoje volta e meia fazemos ótimas ações em parceria, como uma das que publiquei aqui pelo Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.
banner descritivo suporte entre pares
Além do nobre setor de Suporte entre Pares (serviço base que terei o prazer de novamente fazer parte com um notório grupo de amigos atuantes na área, agora de abordagem on-line), abordado na imagem descritiva acima, o CVI-Rio promove o tarimbadíssimo Curso Compreendendo a Lesão Medular (o que me fez chegar até a instituição no início de sua jornada logo após sua fundação) e agora em versão digital, acessível a todos. Ou seja, estes foram basicamente a minha rotina de um dedicado trabalho que fazia na época, sem deixar de citar a informação propriamente dita, em vária nuances, hoje no site com outras boas condições de acesso por Infoteca.
perfil JeffMaia
Contudo, é bom frisar que o CVI-Rio é muito mais e tem tanto disponível para toda a sociedade, inclusive além da galera PcD. Vale muito a pena o confere, e indo além do que eu digo, fechando a postagem com um grande abraço, segue aí o convite oficialíssimo do atual presidente, nosso querido parceiro, popularmente Zeca, o conhecido Dr José Carlos Morais.

segunda-feira, junho 17, 2019

VERNISSAGE XXXVIII SALÃO DE ARTES DA MARINHA DO BRASIL PELA SBBA

Foi agora, na última semana, o XXXVIII Salão de Artes Plásticas da Marinha do Brasil, sob curadoria da Sociedade Brasileira de Belas Artes - SBBA, no Solar Marquês do Lavradio - sede da renomada sociedade artística.

Neste salão eu estou participando com duas obras inéditas em exposições, AsT, Palmeiras na praia 40x30 e Cabana de pescador 40x50, em meio a tantas outras belas  obras de vários artistas - onde foi bom ver que também estão participando outros colegas APBP, Eduardo, Goret e Zuzu! E, embora tenha chegado um pouco atrasado, ainda pudemos ver e interagir com muita gente boa; conseguindo bons registros, meus e de outros amigos.
O salão fica no local com visitação aberta até o fim do mês nos horários de expediente da SBBA, e nossa cerimônia de encerramento e premiação no dia 26 - para quem quiser comparecer e prestigiar -, como no banner da programação abaixo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Na Rede


linkninja 468 60 Banners Link Ninja

lei 9610/98, art. 46:..."não constitui ofensa aos direitos autorais: I - a reprodução: a) na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos;(...)"





Copyright © dez/2007 . Todos direitos reservados. RSS Subscription: Entries RSS Comments RSS | Blogger Login, Designer by JeffersonMaia
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
 
TOPO DA PÁGINA ↑